KEY WORLD PLANNER – COMO USAR ESSA FERRAMENTA

Como funciona o key world planner.

key- world- planner-a-melhor-ferramenta-para-palavra-chave

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Google key  world planner é um produto oficial do Google que dá uma estimativa de tráfego para suas palavras-chave, e também ajuda na busca de novas palavras relevantes e relacionadas com o seu nicho.

O recurso foi criado pelo Google para segmentar campanhas do AdWords, mas ele carrega em si tantas outras possibilidades. Sua principal aplicação está no fornecimento de uma grande quantidade de informações a respeito de palavras-chave específicas.

O Google Keyword Planner mostra, em detalhes, que tipo de audiência está online procurando pelos termos que são relevantes para você.

Afinal, não é porque uma palavra-chave tem um alto volume de pesquisa a nível nacional que ela é popular onde o seu cliente está. Por isso, o Google lhe dá diversas opções para afunilar sua pesquisa e encontrar os termos que realmente importam.

Além disso, você pode usar a ferramenta para espiar as palavras-chave mais usadas pela concorrência, descobrir nichos de mercado e para aumentar a relevância de seus websites.

Significado dos critérios na busca por palavras-chave

Quando você procurar por termos de pesquisa no Google Keyword Planner, vai perceber que a lista que aparece atende a três critérios:

  • Média de pesquisas mensais.
  • Concorrência.
  • Lance sugerido.

O primeiro critério costuma ser o mais importante. Pela média de pesquisas mensais é possível detectar o quão popular é uma palavra-chave e se ela conseguirá atrair uma quantidade significativa de pessoas para seus conteúdos.

O critério da concorrência, por sua vez, mostra quantos anunciantes exibem anúncios para uma determinada palavra-chave.

Já o lance sugerido é uma consequência desse segundo critério, afinal, quanto maior a concorrência por um termo, mais caro é anunciar nesta categoria.

O lance considera o custo por clique (CPC) que os anunciantes atuais estão pagando por uma determinada palavra-chave. Esse custo por clique varia de acordo com a localização, idioma e outros filtros que você selecionou.

Como receber sugestões de palavras-chave

Receber sugestões de palavras-chave é muito simples com o Google Keyword Planner, desde que você tenha um website e a descrição de seu produto/serviço. Para chegar até ele basta clicar em “Ferramentas” e selecionar, em seguida, “Planejador de palavras-chave”.

A partir daí você tem várias opções, mas por hora vamos começar com a pesquisa de novas palavras-chave usando uma frase, um site ou uma categoria. Clique no termo correspondente e uma aba será carregada.

Nela, você terá a opção de descrever seu produto ou serviço, linkar uma landing page ou selecionar a categoria de produtos que corresponde a sua área de atuação.

Seu produto ou serviço

Digamos que você seja um designer, queira anunciar seus serviços na internet e tenha escolhido usar o Planner para identificar as palavras-chave que tem mais chances de trazer negócios para sua microempresa.

Seus produtos são o desenvolvimento de identidades visuais, logos, websites e interfaces. Essas palavras precisam, então, ser colocadas no campo “Seu produto ou serviço”.

Use esse campo quase como um espaço de brainstorming e deixe a sua criatividade fluir. Pense em termos correlatos e também em variações deles para obter os melhores resultados. E, se você não sabe por onde começar, não tem problema.

O website KeywordTool traz os recursos certos para lhe ajudar. A partir de um termo único, como “identidade visual” ele seleciona uma série de palavras-chave dentre as mais buscadas na internet.

Esse termo, por exemplo, retorna 304 resultados dentre os quais “identidade visual de casamento” e “identidade visual e corporativa” figuram.

Você pode optar por selecionar os termos que mais se identificam com o seu negócio e copiá-los de uma vez, para inserir no campo “Seu produto ou serviço”.

O KeywordTool é uma das maneiras mais fáceis de encontrar variações de cauda longa para uma palavra-chave. Depois de escolher as suas, você poderá usar o Keyword Planner para descobrir o volume de pesquisas mensais para cada uma delas.

Seu website

No campo “Sua página de destino” você tem a opção de obter palavras-chave direto de seu site ou blog. A ferramenta irá selecionar automaticamente as palavras relacionadas ao seu produto com base no seu conteúdo. Se você estiver se perguntando qual é a utilidade de descobrir que palavras-chave você já usa pense novamente: a oportunidade que você tem aqui é de escanear os websites da concorrência.

Comunidades e fóruns relacionados a sua área de atuação também podem ser linkados aqui, além de outras páginas especializadas. O Google filtrará sozinho as palavras-chave mais importantes de cada uma dessas páginas.

Categoria de seu produto

A terceira opção que você tem é escolher palavras-chave de uma biblioteca de categorias. Comece com a categoria principal do seu negócio e selecione a subcategoria que melhor se aproxima dele.

Depois será possível refinar os resultados em seu planejador de palavras-chave e fazer o targeting da sua mensagem por localização, idioma e buscador. É também nessa hora que você escolherá as palavras-chave negativas.

Palavras-chave negativas são os termos que não conduzirão visitantes ao seu website. Elas são uma maneira de filtrar ainda mais o tráfego para obter apenas leads qualificados, mas só funcionam em campanhas pagas, portanto serão ignoradas aqui.

Localização

Por padrão o Google Keyword Planner visa todos os locais e inclui todos os países do mundo. Mas quando a sua empresa está concentrada numa área específica a melhor ideia é usar sua localização para obter resultados melhores.

Idioma

Você pode também segmentar diferentes idiomas e verificar o volume de pesquisas nessas línguas. Isso é útil para garantir que só serão levados ao seu website pessoas que falam a língua em que ele foi escrito.

Buscador

O Google tem parcerias com muitos buscadores, que também exibem anúncios do AdWords. Esse recurso é voltado para as pessoas que pretendem gastar dinheiro, ou seja, se você estiver usando o Keyword Planner apenas para pesquisar termos chave, selecione somente Google.

Personalize sua pesquisa

Você pode ainda usar a opção “Personalize sua pesquisa” para deixar seus resultados ainda mais exatos, eliminando ideias amplamente relacionadas, ocultando palavras-chave e filtrando apenas aquelas que são de seu interesse, pois contém um termo específico.

Depois de inserir todas as informações que escolheu compartilhar com a ferramenta clique em “Obter ideias”.

Você será conduzido a uma média de pesquisas mensais para todas as suas palavras-chave e uma página que indica o intervalo dos volumes de pesquisas.

Adicione a seu plano tantas palavras-chave quanto quiser e copie essas palavras automaticamente, clicando no ícone da prancheta.

Encontre sugestões de palavras-chave

Quando tiver incluído as palavras-chave desejadas e clicado no botão “obter ideias” você será conduzido a uma página com os resultados médios de buscas no Google nos últimos 30 dias.

Ali você verá duas abas abaixo da média de pesquisas do grupo de palavras-chave usado: “ideias de grupos de anúncios” e “ideias de palavras-chave”.

Clique em ideias de palavra-chave, selecione as sugestões cuja média de pesquisa, concorrência e lances mais lhe agradam e adicione cada uma delas a seu plano de marketing, clicando na seta azul.

Você pode customizar as sugestões para obter o máximo do Keyword Planner. Encontre, à esquerda da sua tela, o box intitulado “Opções de palavra-chave” e clique em “Mostrar ideias amplamente relacionadas”.

Ali, o Google lhe dará a opção de mostrar apenas dados intimamente ligados aos seus termos de pesquisa, mostrar ou exibir palavras-chave da sua conta entre outras personalizações que podem fazer sua pesquisa mais precisa.

Diferenças da versão paga para a gratuita

O Keyword Planner é ideal para se conseguir ideias novas de palavras-chave para um website. E o que torna esse recurso tão interessante é a quantidade de estatísticas que o Google disponibiliza gratuitamente.

A diferença entre usar o Keyword Planner pagando ou de graça não é tão grande assim. Afinal, ele é uma ferramenta complementar à criação de anúncios no AdWords.

Você terá acesso às mesmas funcionalidades, embora nem todas as informações — como o número preciso de buscas mensais por uma palavra — sejam exibidas.

Se o seu objetivo é conquistar cliques organicamente, a informação contida ali é mais que o suficiente para  o SEO de sua página, posts e imagens.

Agora, se o seu objetivo é investir na aquisição de novos consumidores em uma campanha Pay-per-click, é uma boa ideia dedicar parte do seu orçamento de marketing ao AdWords.

Afinal, é ao Google que as pessoas recorrem quando têm uma dúvida ou precisam encontrar um produto. Portanto, sua empresa precisa estar lá.

Se você não otimizou seus artigos de blogs antigos você pode usar o Google Keyword Planner para pesquisa de palavras-chave e, em seguida, trabalhar na re-otimização dessas palavras. Assim elas podem subir de posição no buscador.

Esperamos que esse guia do Google Keyword Planner tenha lhe ajudado a deixar de lado algumas dúvidas.

Se gostou compartilhe nas suas redes sociais, isso vai ajudar outros que buscam aprender como usar essa fantástica ferramenta..

Abraços

Marcos Carvalho